terça-feira, 20 de outubro de 2015

E AGORA, CAVACO?

Durante anos e anos, a direita fazia chacota da esquerda e ria-se muito da esquerda nunca se entender em soluções governativas. E tinha razão para esse contentamento alarve,pois tinha aí, nessa cissiparidade, um seguro de vida, que lhe garantia o poder, com ligeiras intermitências, até à eternidade. Agora,  a direita, pela mera hipótese de ser apeada do trono, deixou de rir e espalha pelas televisões e pelos jornais lágrimas de crocodilo, como se o facto de os portugueses, maioritariamente, terem rejeitado as desgraçadas políticas com que devastaram o país, durante quatro anos,fosse crime de lesa-pátria. E depois só o gozo que dá ver os sapientíssimos comentadores, grávidos de histeria, fazerem sinuosos e desonestos exercícios ao pecado de António Costa ter unido a esquerda!
De facto, as palavras de António Costa, à saída da audiência com o Presidente da República, não deixam margem para dúvidas: "Temos as condições para que possa existir uma solução com apoio maioritário que garanta estabilidade e cumprimento da vontade dos portugueses. É ao Presidente da República que cabe fazer o juízo do melhor caminho a seguir, mas julgamos que estão criadas as condições de estabilidade para o PS formar governo e ter apoio maioritário na Assembleia da República para garantir essa estabilidade. O país não ganha nada em arrastar no tempo a incerteza. Quanto mais rapidamente tivermos governo viabilizado pela maioria na AR, melhor".
E agora, Cavaco? Vai o homem que tem sido o sustentáculo da Coligação de direita, cumprir a vontade maioritária dos portugueses, ou fazer mais um frete aos propósitos de Passos & Portas?
A ver vamos, como diz o cego.




3 comentários:

  1. Excelente

    Mas dou ênfase a um facto que não foi por si bem sublinhado:
    se acontecer haver «um governo de unidade de esquerda» tal é uma vitória contra o 4º poder e a sua primeira derrota!

    ResponderEliminar
  2. Está encostado à parede! Nessa posição não há tempo para perífrases:convida Coelho para este ser lidado e morto(salvo seja!),ou fecha os olhos,acalma o estômago e cumpre a Constituição! Um dia a Constituição ia retaliar!

    ResponderEliminar