quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

O REI APEADO

ILUSTRAÇÃO DE ZÉ DALMEIDA

Quem ouviu o debate sobre o Programa do governo de António Costa, não deixará de dar por bem aproveitado o seu tempo, não propriamente pela análise profunda ao documento, que se esperava da parte da oposição, que se frustrou totalmente, mas sobretudo pelo lado histriónico de alguns deputados, que passaram o tempo a falar em usurpação de poder e reverenciavam Passos Coelho, como rei apeado. Era como se participassem num espectáculo de ilusionismo, em que eles fossem maioria e ali estivessem para continuar a cavalgar o país, com ou sem sela. Mas há torneios em que as cavalgaduras não acertam nos coices e têm, por isso, que apanhar com a arreata para não repetirem as (des)graças. O padre Agostinho de Macedo, que conhecia como poucos os desvarios das bestas, costumava dizer que se uma dava um coice, não se lhe devia cortar a pata, mas dar~lhe com o chicote. A metáfora, sem ofensa ao PAN, poderia aplicar-se ao hemiciclo, onde o chicote foi apenas verbal...
Por mais que fossem chamados à razão, insistiram os deputados da Coligação minoritária na retórica de que o primeiro-ministro deveria ser Passos Coelho, e, já agora, como vice Portas, cada vez mais a tomar a pele de deputado cómico. Claro que nada disso acrescentou alguma glória à pátria portuguesa. Mas a insolência contra a democracia parlamentar, onde se formam as maiorias, fazia lembrar a apetência por uma ditadurazinha, que suspendesse subitamente os votos e deixasse suas excelências na governança para a eternidade. Assim é que era bom, com ou sem as vírgulas do senhor Paulo Portas...

3 comentários:

  1. Por falar em ilusionismo:

    http://observador.pt/2015/12/01/juiza-ilibou-maria-lurdes-rodrigues-participou-campanha-do-ps/

    http://observador.pt/2015/12/03/trabalho-herculeo-da-juiza-absolver-ex-ministra-da-educacao/

    Tem a certerza que prefere os ilusionismos do debate? prefere fechar os olhos a isto ou também faz parte do truque ?

    Cumprimentos

    ResponderEliminar
  2. Em que é que o funcionamento dos Tribunais (bom ou mau) aproveitado na doutrinação do "observador" explica ou fundamenta a vossa azia e a vossa falta de argumentos ? Ele há cada jaquinzinho por aí !

    ResponderEliminar
  3. ó anónimo, então "você acha que se por acaso o PS estivesse no governo teriamos um ex-primeiro ministro preso" ?

    ResponderEliminar