quarta-feira, 6 de janeiro de 2016

O REI VAI NU...

Um amigo aponta-me uma perplexidade sobre a compatibilidade do candidato apoiada pelo PSD e CDS à Presidência da República, Marcelo Rebelo de Sousa, ser presidente do Conselho de Administração da Fundação da Casa de Bragança e associar-se às respectivas manifestações monárquicas e, ao mesmo tempo, querer ser Presidente da República.
Decerto que a incompatibilidade poderá ser do domínio ético, mas eu já tranquilizei o meu amigo: isto é, apenas, mais uma aspecto da comicidade biográfica do candidato Marcelo Rebelo de Sousa. Mas lá que, além de cómico, é estranho, é...

1 comentário:

  1. Também era muito cómica a antiga AD,com o PPM... Lembram-se da strip-teaser do Jô Soares: nós tiramos a roupa em qualquer lugar !

    ResponderEliminar