quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

MEIO MILHÃO!

Há muitos sonhos dentro da escrita e quando ela assume a condição de imediata, imersa na narrativa da actualidade, configurada ao olhar sobre as palavras e as coisas, então os sonhos cruzam-se com múltiplas realidades numa respiração arterial sobre a vida. Notícias do Bloqueio é, desde o início, um território aberto à contingência do pensamento em voz alta. Às vezes, são instantes de indignação sobre o mundo, a denúncia da desumanidade tornada lei, a crónica alimentada de pequenos detalhes da condição humana, a tentativa da escrita poisar dentro do real, que é o espaço onde a vida se consome. Mas Notícias do Bloqueio é, também, uma introspecção cultural, às vezes a poesia, outras o desafio da crónica na expressão drummondiana que é um espaço aberto onde cabem poemas, fragmentos de memória, comentários avulso sobre os dias que passam (ah! o tempo...), textos de diários improváveis que morrem na sua efemeridade e ausência de intimismo. Notícias do Bloqueio é, porventura, tudo isso, a síntese possível do respirar de muitas ideias e leituras, a procura daqueles universos que existem à volta dos livros. Por que estou eu hoje a falar nisso? Apenas para celebrar a leitura e, aí, sim, um verdadeiro mundo de leitores que traduz uma realidade planetária. Notícias do Bloqueio ultrapassou o meio milhão de visualizações. É qualquer coisa, penso eu agora, imaginando essas centenas de milhares de rostos que não se conhecem que, dia a dia, partilham ideias, palavras, sonhos. Em tantos países e tão diversas latitudes, é a viagem da Língua que prossegue. A "palavra, voa!", como dizia João Guimarães Rosa. Reparto, em mais de meio milhão de instantes, o pão das minhas palavras, que escrevo como um interminável romance de amor.  Mais de meio milhão de visualizações. A leitura reproduz-se, como se reproduzia a esperança no poema de Egito Gonçalves que deu nome ao blogue: Notícias do Bloqueio.

2 comentários:

  1. Parabéns, amigo Fernando.
    É com muito orgulho e com enorme prazer que faço parte desse meio milhão.
    Um grande abraço.

    ResponderEliminar
  2. Por tudo o que se aprende e se é estimulada a pensar com a leitura deste blog, Obrigada. Parabéns.

    ResponderEliminar